• Quincas Borba

Quincas Borba

  • Categorias: Romance
  • Autor: Machado de Assis
  • Vendedor LPB000313
  • Entrega: Impresso on demand

  • Editora

    PoloBooks
  • Edição

    #

    1
  • Ano

    2020
  • Idioma

    Português
  • Páginas

    218

  • R$ 24,00
Quincas Borba, o mesmo personagem que era amigo de infância de Brás Cubas, em Memórias Póstumas de Brás Cubas, morre e deixa toda a sua fortuna para Rubião. Como vemos, o nome do livro é o de outro personagem, e que já está morto quando começa o livro.
Rubião é amigo de Quincas Borba, e irmão da sua noiva, falecida antes do casamento. Ele é um simples professor, que vive em Barbacena, e abdica do seu trabalho para cuidar de Quincas nos últimos tempos da sua vida. Por sua dedicação torna-se o herdeiro universal deste, e a única condição para a herança é que Rubião cuide do seu cachorro após a sua morte, cachorro este que também se chama Quincas Borba.
Após receber a sua herança, ele parte para o Rio de Janeiro com a sua herança e com o cachorro Quincas Borba. No trem, conhece o casal Sofia e Cristiano Palha, e lhes conta da sua herança. Na longa viagem, fazem amizade com Rubião, e prometem ajudá-lo na sua nova vida e apresentá-lo à sociedade. Enfim, tal como você deve estar imaginando, enganam Rubião e, aos poucos, o despojam de tudo o que ele tem.
A perdição de Rubião é a paixão que nutre por Sofia Palha, ao ponto que se torna possessivo e ciumento, e exige que Sofia corresponda ao seu amor. Como isso não acontece, torna-se cada vez mais obcecado por Sofia. E esta obsessão o leva ao desfecho da história. 
Machado deixa bem claro neste romance o quanto as pessoas se movem pelo dinheiro, pelo interesse, e o quanto as pessoas lutam na verdade para sobreviver e não somente para ter o pão e o teto, mas também para sobreviver dentro da casta que lhes corresponde ou que eles querem que lhes corresponda na sociedade do Rio de Janeiro daquela época. E mostra sem pena do leitor, que no fim, a sociedade aparta o louco, o pobre e todo aquele que é diferente de alguma maneira.
Machado mostra como o egoísmo, a indiferença, a inveja e a mesquinharia que norteiam a sociedade, terminam por ser a realização do “nada”. Uma elite social que valoriza a acumulação de bens em detrimento da ética e da moral humana.
Todo o romance é construído com a ironia e o humor característicos de Machado de Assis, que vai, aos poucos, desnudando a verdadeira índole e a motivação dos personagens. 
Editora PoloBooks
Edição 1
País de Origem Brasil
Ano de publicação 2020
Assunto Literatura brasileira
Idioma Português
Código de Barras 978-85-5522-361-7
Formato Altura 19
Formato Largura 12,5
Papel da Capa Supremo Alto Alvura 250 gr
Cor da capa colorida
Papel do Miolo Off set 75 gr.
Nº de Páginas 218
Encadernação Brochura lombada quadrada

Ainda não existe nenhuma avaliação para esse produto, seja o primeiro!

 Escreva um comentário

Produtos relacionados

Etiquetas: machado de assis, literatura brasileira

Black Friday - Luciano Bruno